Não liga não, não é nada sério


Eu sei que não é nada sério. É como uma tempestade de verão. Comparação clichê, eu sei. Mas é o que é, sabemos.
Tudo muito de repente, com certa urgência, bem fora do prazo e repentino. Conversas pelo facebook, trocas de sms, ligações... 5 minutos, 10 minutos, 30 minutos, 1 hora... As coisas aconteceram bem rápido entre nós. Assustadoramente rápido.
Eu pensei que você era tímido. Você achou que minha voz era diferente. Eu temi que isso fosse ruim, você disse que era bom, ótimo, sorri agradecida. Nos atropelamos umas 100 vezes na primeira ligação "Pode falar..." "Não fala você, desculpa."
Eu confesso. Fiquei ansiosa. O sinal da chamada fez gelar meu coração. Um misto de nervosismo e ansiedade. "-Alô?". Fechei meus olhos e respirei entre o Oi mais nervoso da minha vida.
O tempo passou e o seu poder de me fazer sentir totalmente confortável só aumentava. Eu era EU. Érica, com meus palavrões, sarcasmos e histórias sem fim. Eu me perguntava o que você realmente pensava sobre mim, se via defeitos, se me "curtia" mesmo, com a mesma sinceridade daquele riso gostoso de quando te contei que esqueci meu nome completo na fila do banco.

Curtíamos as mesmas coisas. Falávamos sobre as mesmas pessoas. Você odiava algumas coisas que eu fazia. Eu odiava as suas. Você lembrava de me desejar boa noite, eu lembrava do seu bom dia.
Cara, você era demais comigo. Éramos íntimos sem nunca nem termos nos visto. E se não fosse isso, que não é nada sério, talvez nem nunca precisássemos ter nos visto pra eu ter certeza que você realmente era "O CARA", o mais foda e engraçado que eu já conhecera.
Mas dai, eu me pegava mais horas no seu facebook que no meu, e olhava o celular pra ver se o visor estava aceso esperando que alguma mensagem sua tivesse chegado e eu não tivesse visto. Eu comecei a esperar por você. Esperar DE você. Com muita ansiedade. De outro jeito.
É cara, eu me apaixonei. Sem isso de sei lá porque, têm muitas porquês que só eu entenderia.
Você é um ótimo amigo, tão ótimo que deveria ser meu namorado. E eu me pego a maioria do tempo te jogando indiretas sobre isso. Mas sinceramente, acho que você não percebe. Não perceba, não quero que tenha medo. Não quero que tudo se dissolva ou se rabisque só porque eu não aguentei com esse sorriso e esse cabelo todo bagunçado. Eu não posso ficar sem sua voz na madrugada, me machucando inocentemente dizendo que eu sou uma das suas melhores amigas.
Deixa, eu sou idiota. Vai passar, sempre passa. Não vou viver isso, não devo, mas gostaria. É difícil achar um garoto como você. Um amigo sem malícia. Um homem aos 18 anos. Se eu te ligar demais durante a semana, se eu parecer mole demais. Não liga não, não é nada sério.

24 comentários:

  1. Falou tudo o que eu to sentindo agora... :(

    http://outonosdehortela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei, nossa, me fez voltar nas lembranças em minha cabeça :(
    Você escreve muito bem, o texto é lindo :3
    Ahhh se por acaso você quiser participar do leitoras escritoras lá no blog ficarei muito feliz.
    Beijos

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh voltei aqui só pra avisar que seu texto já foi postado no Leitoras escritoras.
      Beijos

      Excluir
  3. Que texto , meu deus! Até coloquei a primeira frase no twitter (se nao se importa, rs)
    Eu me identifiquei tanto que você não tem noção. Parece que vc escreveu pensando em mim, sabe?

    http://costeriano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bea, é um prazer ter você por aqui!
      Gostei de você ter colocado a primeira frase no seu twitter, não têm problema nenhum viu? rs
      Espero que volte mais vezes

      Beijos, Lyn

      Excluir
  4. Adorei o texto. Incrível!

    www.cindereladementira.com.br

    ResponderExcluir
  5. Você encontrou na minha mente, com certeza. Estou apaixonada pelo seu texto
    http://chuvadeluzess.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se identificou linda :)
      Espero sua visita mais vezes ;*

      Excluir
  6. ameeeii o post!!!
    vc fez um texto lindo!
    da uma passadinha no meu blog!
    bjss
    http://blogbreakfastattiffanys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Valerie, que bom que gostou!
      Agardeço a visita e em breve visitarei o seu blog viu?
      Mil bjs

      Lyn

      Excluir
  7. o texto e lindo parabens vc escreve super bem hahaha vou voltar aqui para ler mais!

    bjss
    The Teen Guide
    www.theteenguide.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Que bom que gostou, volte mais vezes sim, por favor hahahha
      Em breve visitarei seu blog

      beijos,
      Lyn

      Excluir
  8. Acho que a pior coisa é quando a pessoa que vc gosta te vê como amiga, sendo que vc quer algo a mais!! Bom gostei mesmo do texto, me fez lembrar de situações que já aconteceram comigo e que logicamente acontecerão mais vezes, porque a vida é assim né ;/

    Beijos (;
    www.blogculturapobre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!
      Existe todo o lado sentimental, e aquele lado que te xinga por você ter deixado acontecer ):
      Infelizmente momentos assim acontecerão mais e mais vezes.

      Excluir
  9. Ahhh que texto perfeito, me identifiquei muito sério huaha adorei *-*

    lovelyblogcarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, que bom que gostou minha linda!
      Pode deixar que visitarei seu blog também tá?
      Beeeijos

      Excluir
  10. Você escreve lindos textos! De onde tira tanta inspiração haha to precisando de muita, rsrs...

    pequena-julieta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Laura!
      Olha, minha inspiração vêm do passado, presente, futuro, de tudo KKKKKK
      De situações vividas e ainda não vividas :)

      Excluir
  11. Menina , primeiro achei seu link no place style , e cliquei
    Quando entro , me deparo com essa perfeição de layout ♥♥♥♥ e
    depois começo ler o texto , e tem muitas palavras que eu amo por lá <3
    e a preferida é ,( De repente ) muita coisa pode acontecer de repente não é mesmo ?
    ótimo texto , estou curtindo todas as paginas do teu blog lindíssimo
    beijos e te espero lá no De repente
    http://www.derepentenaotemidade.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suê, fiquei muito feliz com tantos elogios!
      Você deve saber que toda blogueira cria um gás quando lê comentários assim né? Que fooofa você, obrigada mesmo!
      Espero que visite o blog mais vezes, visitarei o seu assim que possível tá? Pode deixar que não vou me esquecer!

      Beijos,

      Lyn

      Excluir
  12. Nossa! Foi um desabafo? Ficou tão real!! Não sei nem o que falar...

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  13. Tem game lá no blog Lyn :D Se você quiser participar, fique a vontade!

    PEQUENA JULIETA
    pequena-julieta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Uau, que texto maravilhoso! Parabéns!!
    Com certeza muitas meninas se identificaram e vão se identificar.
    Já estou seguindo!!

    Também escrevo, dá uma olhadinha lá depois =)

    miragem-real.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá, é um prazer ter você por aqui!
Mas por favor, leia o post antes de comentar ok? Comentários que não tiverem nada a ver com o conteúdo da postagem serão excluídos. Isso serve para aqueles "Nossa, adorei o texto".
Não siga para ganhar follow de volta, só seguirei seu blog se eu realmente gostar do conteúdo. Faça o mesmo por aqui.

Um beijo,
Lyn.