o fim do infinito perfeito.


Não era difícil,mas também não era fácil,um meio-termo digamos assim,eu havia aprendido a controlar meu ódio por ele,e ele há controlar as provocações,ficou no ar,não completamente dita,mas não precisava de explicações para que nos dois entendêssemos que já não havia amor,era apenas rotina,nada mais que rotina.
Quando se cai nessa coisa de monotonia,ainda mais amorosa,os fatos não são mais interessantes,fingir aparências é cansativo,mas eu tinha que estar totalmente centrada no nosso disfarce,baile de formatura,casais sorriem,então estávamos os dois palhaços sorrindo para a plateia.
- Isso ainda vai demorar muito ? - eu escorregava os pés de um lado a outro,sem animação alguma,mas transparecendo suavidade a quem olhava,se não podemos esconder o amor,imagine o ódio ? Nossos sentimentos sempre estão presentes para olhares atentos,e os únicos olhares que podiam perceber o meu desprezo diante de Edward,eram os Cullens,eram como tochas acesas,cercando todos os lados.
- Não muito Bella,vai me dizer que a temperatura do meu corpo lhe faz mal agora ? - ele sorriu irónico,as piadas agora me causavam repulsa.
- Não esqueça de citar o seu cheiro,e os seus 500 mil anos...
- Você também nunca se importou com isso... - a musica agora badalava alto na minha cabeça,as mãos suavam geladas em cima das dele.
- Edward,temos que manter as aparências,apenas isso,discutir sobre o passado não é matéria de um casal modelo - ele suspirou,e inconsequentemente senti os pelos se eriçarem,alguém enfim,pois fim a musica,fim de baile Mr.Cullen. No ultimo acorde eu senti o soltar das mãos,ele que não demonstrava nenhum interesse em cessar o momento,agora se mostrava mais aliviado do que eu.
Nos afastamos,e cada pensamento foi pra seu lado,eu não demorei muito na festa,o trabalho dele estava feito,o meu também,alimentar os olhos das pessoas com a insensatez louca de um amor perfeito,talvez ele ganhasse uma viagem a Europa pelo trabalho bem feito,mas eu pouco me importava,a vida me fez acreditar em amor,e também me fez desacreditar,a verdade anda do meu lado agora,e eu ouço ela dizer...

'' Bella querida,contos de fadas não existem,não espere mais um final,para ser feliz ''

2 comentários:

  1. HAHA , é isso que a Stephenie esconde por trás da perfeição né?

    *-*

    ResponderExcluir
  2. E vc acredita q eu não me lembro de qual livro é esse trecho Oo'
    mais se for do amanhecer eu ate entendo pq ñ li rs rs
    Bjos

    ResponderExcluir

Olá, é um prazer ter você por aqui!
Mas por favor, leia o post antes de comentar ok? Comentários que não tiverem nada a ver com o conteúdo da postagem serão excluídos. Isso serve para aqueles "Nossa, adorei o texto".
Não siga para ganhar follow de volta, só seguirei seu blog se eu realmente gostar do conteúdo. Faça o mesmo por aqui.

Um beijo,
Lyn.