ihavetogonow#





Eu me sinto uma trapaça,uma brincadeira toda rabiscada,um veneno que não mata,mas ainda sim um veneno,eu me sinto tão palhaça,enquanto ela me puxa pelo braço,estonteada de felicidade e perigo,embriagada e amarrada pelo próprio sonho,toda adrenalina. Eu estou aqui,sem querer e sem porquê,eu estou aqui.
- Eu tenho mesmo que ver ? - eu sabia que não tinha,mas também sabia o quão importante era pra ela,eu tinha que ser a testemunha de seu primeiro ato corajoso.
- Têm ! - ela parecia uma criança,e poucos traços faziam com que ela não fosse uma por completo,tanta euforia,tanta emoção,que eu nem tinha tempo pra lamentar o acontecido,ela não mudaria de idéia,e eu não tinha vontade de a fazer tentar,mais cedo ou mais tarde,tudo voltaria a acontecer,só esperei. Eu tinha problemas esquisitos com poeira e coisas velhas,e aquele cômodo era cheio disso,jogada na janela esperando tudo acabar,nada me importava,ela farejava pelas frestas alguma sombra que indicasse que ele estava próximo,e logo ela se projetou,tão grande e tão escura quando poderia ser,cobriu minha calmaria e importunou meus pensamentos,tratou logo de trazer tudo que eu deveria estar sentindo,medo e dor. Entrou no cômodo sopetando,deu o estender de mãos e arrancou-a de mim,assim... tão sutilmente,e ela se deixou levar,ele me olhou e disse tudo,homeme stupido,crápula,e eu entendi que ela era dele,e que essa seria o ultimo susto,o ultimo arrancar.
- Você vai ficar bem ? - eu disse soltando sussurros quase que surdos,as lágrimas lavaram a face empoeirada e infantil,e me disse todas aquelas coisas de irmã pra irmã,sorri forçada,não disse Adeus.
Lá foi correndo,deixando pra trás um rastro doce do perfume,queimando o chão com os passos apressados,marcou o caminho com a poeira do carro. E lá fiquei eu,pensando numa boa desculpa pra dar a mamãe,sobre onde estaria Daphne nos próximos meses,anos e mais anos,com a dor no coração e a mentira nas mãos,mentia que ela ia voltar,mas ela nunca mais voltou,e eu sabia que ela não voltaria nunca mais.





Ficou péssima,mas eu me amo *-*
KKKKKKKKKKKKKKKKKKK'

Beijos ♥

10 comentários:

  1. Ain que fofo. Ficou bom sim '-'
    amei seu blog, está lindo (:
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ficou péssimo nd.. adorei.
    Show mesmo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. ficou ótimo, ai essa modéstia! rs... bjinhus nega, te adoro! ♥

    ResponderExcluir
  4. Agora sim estou te seguindo :O Acabei de me dar conta de que tanto comemorei que ia te dar parabéns que acabei ficando sem net e não pude te dar parábens. Adoro a minha vida, mana. Senti sua falta mil ): Não quero ficar mais sem net, perco seus posts para a vida. Odeio isso. Espero não sumir tão cedo ou até nunca mais, coisa que é quase impossível. Culpa da minha mãe querida... Enfim, vou te passar o conto sem partes quando eu finalizar ele ok? Adorei o mini conto, fato.

    Amo mt <3

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto. Já to te seguindo :D, bjs!

    ResponderExcluir
  6. oooh, eu amei o lay que a loma fez. Ficou muito bonito!!! E quero mais alice, poxa... hehehehe

    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Gostei do texto, fiquei tentando imaginar o que ia acontecer ^_^ O layout q a Loma fez tá fofo! xD Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ficou muito bom!!!

    ^^

    Tenha uma ótima semana e depois se puder passa lá no Sook!

    Seguindo aqui...

    xoxo

    ResponderExcluir
  9. Ela fugiu com o cara! O:
    Imaginava tudo, menos isso, rs.
    Adorei ;*

    ResponderExcluir

Olá, é um prazer ter você por aqui!
Mas por favor, leia o post antes de comentar ok? Comentários que não tiverem nada a ver com o conteúdo da postagem serão excluídos. Isso serve para aqueles "Nossa, adorei o texto".
Não siga para ganhar follow de volta, só seguirei seu blog se eu realmente gostar do conteúdo. Faça o mesmo por aqui.

Um beijo,
Lyn.